Tolinho viral

Certas influências ficam para sempre. Gui Bittencourt um dia me demonstrou como a tenacidade de nossos polegares opositores fica menor se seguramos um celular. Por conta disso, eu acreditei que o vídeo dos celulares que fazem estourar pipoca era verdade e até fiz um post sobre isso. Pois eis que Cris me abriu os olhos, poucas horas depois, de que o vídeo não passa de um marketing viral de uma empresa americana (na verdade, vi agora, eles até falam a respeito disso). Paguei de ingênuo internético. Meu cinismo com relação ao mundo aumentou mais um pouquinho. E a culpa é toda sua, Gui.